Brasileiros presos em Broward

0
634

Pai e filho estão detidos por fraude imobiliária


Mais dois brasileiros do sul da Flórida enfrentam problemas com a Polícia: Victor de Oliveira, de 22 anos, e seu pai, José William de Oliveira, de 52 anos, estão presos desde o dia 21 de maio no centro de detenção de Broward, em Fort Lauderdale, sob acusação de fraude imobiliária.

De acordo com as informações da Polícia, eles lesaram pelo menos cinco pessoas, causando prejuízos superiores a 50 mil dólares. Eles só podem ser liberados da prisão com o pagamento de fiança no valor de 25 mil dólares cada um. As autoridades agora também investigam o estado imigratório da dupla.

Os dois têm ligação com Vicente Padilha, também brasileiro, que está sendo procurado pela polícia por fraude, falsificação e outros crimes: este último é casado com a filha de José de Oliveira, que segundo investigações já estaria foragido no Brasil. Segundo o broker Mario Mesquita, José de Oliveira foi desligado da Mario’s Realty Company recentemente e participou ativamente até setembro do ano passado: “O último contrato fechado com a minha empresa foi em setembro de 2006 e, desde então, imagino que ele estava usando a reputação e o nome da companhia apenas para atrair clientes para seus negócios particulares”, disse Mesquita, que faz questão de dizer que não tinha – e não tem – conhecimento de nada referente a estas acusações.

Mesquita lamentou o fato de ter havido mais uma ocorrência negativa envolvendo brasileiros, “porque isto prejudica o mercado como um todo, uma vez que o mercado imobiliário é o motor da economia da comunidade brasileira, e mancha o nome de todos os brasileiros perante a sociedade local”.