Brasileiros procurados são presos em Massachusetts e aguardam deportação

0
1788

Uma operação conjunta denominada “Nowhere to Run” que envolveu a Polícia Federal do Brasil, a Interpol e a Polícia de Imigração e Alfândega americana terminou com a prisão de dois brasileiros em Massachusetts. Caylon Botelho Carreiro, de 27 anos, era procurado por tentativa de homicídio, e Adilson Pires Ribeiro, 48, por fraude e enriquecimento ilícito. Os dois estavam ilegalmente nos EUA, e permanecem em custódia do ICE aguardando a deportação.

Caylon, de acordo com a polícia, atirou em um homem durante uma briga de bar em março de 2009. A bala não atingiu o alvo por interferência do pai da vítima, que se atracou com o acusado. Em vez disso, ela atingiu o próprio Caylon na perna. Nenhum dos envolvidos no incidente sofreu ferimentos graves.

Em outro caso, Adilson, que ultrapassou o prazo de permanência nos Estados Unidos do seu visto, era procurado pela polícia brasileira acusado de fraudes contra a Caixa Econômica Federal. Entre 1997 e 2001, quando era funcionário do banco, Adilson desviou dinheiro de contas-correntes para uma conta que abriu fraudulentamente. Por não ter se apresentado à Justiça, foi julgado à revelia em 2013 e condenado a quatro anos e oito meses de prisão.

“Temos o compromisso de trabalhar junto com nosso parceiros para identificar e prender fugitivos que pensam que podem esconder-se no nosso país,”disse Sean Gallagher, diretor da divisão de capturas do ICE em Boston. “Os Estados Unidos não servirão de porto seguro para quem desafiar a lei.”

 “Apreciamos a parceria com os colegas americanos”, disse Fátima Zulmira Bassalo, agente da Polícia Federal do Brasil. “A prisão desses fugitivos atesta a cooperação que há entre nossas agências.”