Broward: Advogado da fraude bilionária está atrás das grades em Ft. Lauderdale

0
969

Scott Rothstein comandou esquema semelhante ao do investidor Bernard Madoff

Depois de quase um mês de investigações complementares, finalmente as autoridades da Flórida prenderam o advogado Scott Rothstein, que atuava no condado de Broward. Ele é acusado de comandar um esquema fraudulento de mais de um bilhão de dólares, semelhante ao que fez o megainvestidor Bernard Madoff.

O advogado, presidente do escritório Rothstein, Rosenfeldt & Adler, criado em 2002, manejou indevidamente as contas de investidores sob o chamado Esquema Ponzi, uma variação sofisticada do conhecido esquema de pirâmide. Durante anos, ele gastou fortunas em emprendimentos imobiliários, carros de luxo e filantropia para criar a ilusão de que a firma era bem-sucedida. “Agora, as mansões, os iates e os veículos se foram, assim como os amigos. Ele comprou poder e influência às custas do dinheiro dos clientes”, afirmou o promotor Jeffrey Sloman.

Rothstein possui uma casa em Fort Lauderdale avaliada em mais de seis milhões de dólares, além de propriedades em Manhattan e Rhode Island. A sua coleção de veículos inclui um Bentley conversível, um Lamborghini e um Rolls-Royce – e, é claro, uma Ferrari. Especialistas acreditam que seu destino será o mesmo de Madoff: a condenação a mais de 100 anos de prisão.