BSO CPIS: Protegendo as famílias de Broward

0
675

Broward SheriffUma das minhas prioridades como Sheriff de Broward tem sido proteger o futuro do nosso país, e este futuro está nas vidas – e nas mãos – das crianças de hoje. Abandono, abuso e bem estar social e emocional das crianças são assuntos que levo muito a sério. Infelizmente, o condado de Broward está entre os que mais apresentam casos de abusos contra crianças em todo o estado. Os casos de abuso e abandono de crianças podem aumentar sob condições econômicas adversas persistentes, com o consequente aumento do nível de stress sob tais condições; entretando, nada justifica que as pessoas ponham em risco a segurança das crianças.

Nos últimos 14 anos, o Broward Sheriff’s Office assumiu a inteira responsabilidade nas investigações sobre crimes de abuso infantil no condado. Nossa Seção de Investigação Para Proteção da Criança (Child Protective Investigation Section – CPIS) arca com essa responsabilidade juntamente com outras agências de combate a crimes de sanidade mental, abuso de substâncias, e junto a parceiros comunitários.

Em 2013, investigamos 14,150 casos de abuso infantil – um número ligeiramente maior que em 2012. O CPIS do BSO também referiu 1,100 famílias para dependência jurídica a fim de supervisionar famílias envolvidas com abuso infantil no ano passado. Violência doméstica e uso de entorpecentes têm sido os fatores mais relevantes nesses casos. A maioria das investigações da CPIS envolvem a participação de vários departamentos para determinar quais as opções para melhor cuidar das crianças que sofrem abusos. A prioridade é sempre usar métodos os menos restritivos possíveis. A agência também referiu outras 1,400 famílias para programas de preservação da família.

Os fundos adicionais que foram incluídos na proposta de orçamente estadual para 2014-15, se adotados pela legislatura, permitirão ao BSO (e a todos os Sheriff’s Offices da Flórida) melhorar o atendimento a crianças que corram o risco de abusos. O orçamento prevê mais de $31 milhões para os serviços de proteção à criança, gerenciados pelo Department of Children and Families (DCF), e um adicional de $8 milhões para os departamentos de Sheriffs melhorarem o serviço de proteção à criança.

A segurança das famílias e crianças do nosso condado é criticamente importante, e esses fundos adicionais trarão ao CPIS recursos vitais para essa tarefa essencial. Hoje, o BSO tem 69 investigadores atuando. Em média, cada agente é responsável por cuidar de 22 casos, um número maior que o recomendado pelo DCF, de 15 casos por agente. A CPIS do BSO precisa de mais agentes em campo, precisamos prover nossos investigadores com os instrumentos necessários de que precisam para tomar impoortantes decisões sobre a vida das nossas famílias. Os fundos adicionais não apenas colocarão o BSO dentro do padrão recomendado, como também vão proporcionar melhores condições para salvar crianças do nosso condado em risco.