Cai taxa de desemprego na Flórida

0
893

Pelo quinto mês seguido, o Estado apresenta ligeira queda no índice de desemprego

Foi pequeno, mas significou queda. O índice de desemprego da Flórida era de 10,8% em abril e caiu para 10,6% em maio, segundo o órgão estadual que mede a força de trabalho. Este é o quinto mês consecutivo em que se registram mais ofertas de emprego, de acordo com a divulgação feita nesta sexta-feira.

A Flórida registrou um total de ganho de 28.000 postos de trabalho em comparação a abril de 2011 e 24.900 empregos em relação a maio de 2010. “Nosso índice de desemprego atualmente é o mais baixo em 21 meses”, disse Cynthia Lorenzo, diretora de Inovação para o Órgão que mede a Força de Trabalho.

Este índice é o mais baixo desde agosto de 2009, quando se encontrava no mesmo patamar de 10,6 por cento. Atualmente, 980.000 moradores da Flórida estão sem emprego. Houve ligeira queda de desemprego no condado de Palm Beach, mas os condados de Broward e Miami-Dade ainda apresentam índices elevados de desemprego.

No condado de Palm Beach, o índice de desemprego caiu 0,1% de maio para abril, indo de 10,3% para 10,2%, enquanto em Broward o desemprego também subiu 0,1%, indo de 8,9 por cento para 9,0 por cento de abril para maio. A pior situação, sem dúvida, está no condado de Miami-Dade, onde a taxa de desemprego de 13,2% registrada em abril, que já era alta, subiu 0,5% percentual em maio, chegando a 13,7 por cento.

As áreas metropolitanas dos condados de Miami-Dade e Broward estão entre as quatro áreas metropolitanas do país com mais solicitações de emprego anunciadas on-line.