Campanha de marketing quer recuperar imagem do México

0
514

Prefeito convidou personalidades como Shakira e Bono a visitarem a capital

Depois do advento da gripe suína, só mesmo uma massiva campanha de marketing para recuperar o prestígio da Cidade do México como um dos destinos turísticos preferidos no continente. E é justamente isso que querem as autoridades locais e contam, para tanto, de personalidades de vários setores. O prefeito da cidade, Marcelo Ebrard, enviou cartas convidando os cantores Bono Vox (U2) e Shakira, o milionário Bill Gates e o ex-presidente norte-americano Bill Clinton a visitarem a capital, que tem cerca de 20 milhões de pessoas em sua área metropolitana.

O surto da gripe H1N1 afugentou os turistas e paralisou a megalópole por vários dias. A doença matou 74 pessoas e o governo da cidade obrigou que restaurantes, bares, museus, cinemas e as igrejas suspendessem suas atividades. “Hoje a Cidade do México e o México necessitam da solidariedade internacional e cooperação para recuperar-se”, disse o prefeito na carta. Ele acrescentou que a liderança mundial destas personalidades podem espalhar para o mundo que a Cidade do México está cheia de vida.

Ebrard anunciou ainda uma campanha com anúncios na televisão para atrair turistas, após uma paralisação no fim de abril e início de maio, devido à doença, ter deixado hotéis da capital quase vazios. A Cidade do México, uma caótica metrópole em cujo centro histórico convivem vestígios do império azteca, recebe cerca de 12 milhões de turistas ao ano. Um de cada quatro visitantes é estrangeiro. No entanto, depois que o país teve 3.648 casos confirmados em laboratório da doença, muita gente mudou os planos de viagem.