Cantor inglês de 22 anos é premiado em edição 2015 do Grammy

0
1755

Premiação da indústria fonográfica também consagrou o veterano Beck; já o brasileiro Sergio Mendes não levou prêmio

Cantor inglês de 22 anos é premiado em edição 2015 do Grammy

DA REDAÇÃO (com Folha de S.Paulo e G1) – Sam Smith, cantor inglês de 22 anos, foi o maior vencedor do Grammy 2015. Ele ficou com quatro prêmios: Canção e Gravação do ano, por “Stay With Me”, Álbum Pop Vocal, por “In the Lonely Hour”, e Revelação. Beck, Beyoncé e Pharrell Williams tiveram três Grammys cada. Ao receber o último prêmio, Sam Smith fez alusão à sua homossexualidade assumida e disse: “Obrigado ao cara que partiu meu coração, você me deu quatro Grammys”. Seu disco de estreia é inspirado por uma decepção amorosa.

A voz poderosa de Sam Smith é uma das maiores esperanças da indústria musical para seu futuro incerto. Baladas soul emotivas, com alta dose de dor de cotovelo, são marcas do londrino de 22 anos. A revista Billboard definiu Sam Smith assim: “Ele tem uma presença vocal magnética”.

O cantor e compositor americano Beck, 44, venceu o Grammy de melhor álbum da 57ª edição do prêmio mais importante da música, com o seu “Morning Phase”. Concorrendo com nomes fortes da música pop, com Beyoncé e Pharrell Williams, entre outros, a vitória de Beck é considerada uma surpresa, assim como foi a sua própria indicação, em função do perfil dos geralmente favoritos ao Grammy, que têm grande apelo radiofônico. Além de melhor álbum, Beck levou neste ano o prêmio de melhor disco de rock, pelo mesmo trabalho. “Morning Phase”, lançado em fevereiro de 2014, é o primeiro álbum de Beck em seis anos.

Brasileiro não levou
Já na categoria World Music, em que concorria o brasileiro Sergio Mendes por seu álbum “Magic” (trabalho que conta com colagorações de nomes como Carlinhos Brown, Milton Nascimento e Maria Gadú), quem levou o troféu foi a africana Angélique Kidjo, por seu trabalho “Eve”.

Premiados nas principais categorias
Álbum do Ano
“Morning Phase” – Beck
“Beyoncé” – Beyoncé
“In The Lonely Hour” – Sam Smith
“x” – Ed Sheeran
“G I R L” – Pharrell Williams

Canção do ano
“Stay With Me (Darkchild Version)” – Sam Smith
“Fancy” – Iggy Azalea Ft. Charli XCX
“Chandelier” – Sia
“Shake It Off” – Taylor Swift
“All About That Bass” – Meghan Trainor

Artista revelação
Sam Smith
Iggy Azalea
Bastille
Brandy Clark
Haim

Álbum de World Music
“Eve” – Angelique Kidjo
“Toumani & Sidiki” – Toumani Diabaté & Sidiki Diabaté
“Our World In Song” – Wu Man, Luis Conte & Daniel Ho
“Magic” – Sergio Mendes
“Traces Of You” – Anoushka Shankar