Capixaba foi assaltada na porta de casa, em Deerfield Beach

0
671

Policiais admitem a existência de uma gangue formada por brasileiros

A Delegacia de Broward está investigando a possibilidade de uma gangue de brasileiros ter cometido crimes no sul da Flórida nas últimas semanas. Um dos casos aconteceu com a cabeleireira capixaba Rose Spíndola, de Deerfield Beach: abordada na porta de casa por dois jovens armados, que falavam português, ela foi agredida a socos e pontapés e teve alguns de seus pertences roubados. Um vizinho salvou a sua pele, ao gritar pela polícia, e os marginais fugiram com a carteira, celular e as chaves da cabeleireira.

Ao prestar queixa aos oficiais do Broward Sheriff Office, Rose ouviu que aquele não havia sido a primeira ocorrência envolvendo brasileiros armados – e as vítimas preferenciais seriam membros da própria comunidade, que teriam medo de prestar queixa. “Fiquei envergonhada ao dizer ao policial que os ladrões falavam português. É um absurdo que isso esteja acontecendo dentro do nosso meio”, lamentou a capixaba de Vitória, que vive nos Estados Unidos há mais de 23 anos.

Ela disse que jamais enfrentou situação parecida na América. “Nunca tive um multa sequer neste país e nem me envolvi com qualquer coisa errada. Trabalho duro e honestamente para viver de maneira digna e, por isso, não posso admitir que brasileiros escolham o caminho errado. É péssimo para a nossa comunidade”, afirmou Rose. Por conta dos ferimentos e hematomas, ela ficou dois dias sem trabalhar e, o que é pior, está com medo de sair à rua. O fato aconteceu na noite de quarta-feira (28 de janeiro) e, apesar da escuridão, ela é capaz de reconhecer os dois homens que a atacaram, que teriam por volta de 22 anos.

Na Delegacia de Broward, as autoridades inforam que o boletim de ocorrência (report # DR 09015389) ainda não havia sido concluído e, por isso, sequer estava disponível ao público. De qualquer forma, um policial disse que a corporação já havia sido informada de outros casos envolvendo brasileiros nas últimas semanas e estavam investigando a conexão entre os crimes.

Não é a primeira vez que isso acontece. Em 2007, dois ladrões invadiram a residência onde estavam Genildo Ribeiro e Naiara Ribeiro, também em Deerfield Beach, e amarraram os dois para roubar dinheiro de um suposto cofre. Os jovens – ela é filha do Betinho, ex-proprietário do Feijão com Arroz, e estava grávida na ocasião – foram atacados com tapas e empurrões e desconfiaram que os ladrões eram brasileiros. No ano seguinte, várias outras ocorrências: a Coffee & Company, uma loja de crepe na Federal Highway, foi assaltada por um homem, que jogou uma pedra na porta de vidro para invadir o local e, na época, as suspeitas recaíram sobre alguém da comunidade, de acordo com as investigações policiais. Além disso, o Café Mineiro e várias lojas brasileiras no Village Mart foram assaltadas nos últimos doze meses e a suspeita era de que os criminosos conheciam bem os estabelecimentos.