Casa Branca rechaça teoria da conspiração

0
899

Assessor da presidência garante que Obama é americano e se irrita com boatos

Acabou a paciência. Mesmo seis meses após a posse do presidente Barack Obama ainda reverbera em todo o país a tese de um grupo de teóricos da conspiração, que insiste em alegar que o líder do país não é americano e portanto seria inelegível ao cargo. Segundo estes boatos, que surgiram durante a campanha eleitoral de 2008, Obama teria nascido no Quênia.

“Nem se eu tivesse o exame de DNA do presidente eu iria convencer este grupo do contrário, mas eu tenho uma notícia para estes conspiradores: o presidente nasceu em Honolulu, no Havaí, o 50o Estado do mais notável país da face da Terra. Ele é um cidadão americano”, afirmou veemente o porta-voz da Casa Branca Robert Gibbs, irritado com a pergunta de um repórter. Circula na Internet uma certidão de nascimento de Obama, provando que ele nasceu em Honolulu às 19h24m do dia 4 de agosto de 1961, mas o grupo insiste em dizer que o documento é forjado. Na época do nascimento, os pais do presidente (ele queniano e ela americana) colocaram inclusive um anúncio em um jornal local, anunciando o nascimento do filho.