CEF vai ser investigada por apropriação de dinheiro de clientes

0
446

O Ministério Público Federal vai investigar a conduta da Caixa Econômica Federal e de seus dirigentes nas áreas cível e criminal depois que o banco foi acusado pelo Banco Central de ter se apropriado dos saldos de contas correntes e cadernetas de poupança de 496 mil clientes em 2012 e incorporado os recursos ao seu lucro. O BC livrou o bando de um processo administrativo, mas o MPF afirmou que vai dar início à sua investigação, o que pode ser o primeiro passo para o início de uma apuração formal.