CEIZS – Uma igreja brasileira com o reconhecimento oficial de Deerfield Beach

0
1024

Feliz com a honraria recebida em outubro pela igreja, o pastor Dávila conta sobre o trabalho para chegar ao sucesso

 CEIZSA igreja brasileira CEIZS (Comunidade Evangélica Internacional Zona Sul) da Flórida recebeu no mês passado um prêmio extraordinário da prefeitura de Deerfield Beach, cidade onde seu templo está instalado. Trata-se de um prêmio oficial, concedido a instituições que tenham uma participação comunitária de destaque na cidade e que promovam reconhecidos benefícios à sociedade.

O Community Hero Award concedido à CEIZS foi instituído pelo chefe de polícia da cidade, e segue rigorosos critérios de seleção e pesquisa, buscando identificar entre os indicados os de inquestionável trabalho de contribuição social. O prêmio foi entregue ao pastor Dávila, líder da CEIZS, durante um banquete com a presença da prefeita da cidade de Deerfield, Peggy Nolan e do chefe de polícia da cidade, Pete Sudler, além de Al Lamberti, na época sheriff do condado de Broward.

Feliz com a honraria, o pastor Dávila recebeu a reportagem do AcheiUSA no amplo templo da sua igreja, para falar sobre a importância de receber esse tipo de reconhecimento oficial.

AU – Qual é exatamente a medida da conquista da CEIZS?
Dávila – O prêmio que recebemos veio de um trabalho que o chefe de polícia de Deerfield, Pete Sudler, desenvolveu junto às lideranças religiosas da cidade, em apoio à comunidade, para ser uma ponte de comunicação entre a polícia e a sociedade. Eles investigaram a nossa igreja, viram a desenvoltura do trabalhado e a velocidade de seu crescimento. Ele me chamou para uma reunião e mencionou que gostaria de usar a nossa igreja como uma dessas pontes de informação e influência para a comunidade, a fim de informá-la sobre seus direitos, seus deveres e desmistificar a atuação da polícia, que muitas vezes é mal interpretada.

AU – E isso gerou um prêmio.
Dávila – Sim. Dois ou três meses depois desta reunião, ele constatou a importância da nossa comunidade e nos convidou para um banquete, onde para nossa surpresa estavam também outras lideranças extraordinárias da sociedade, como beneméritos da cidade, veteranos heróis de guerra, empresários e diversas autoridades, como a prefeita Peggy Nolan, o sheriff do condado, Al Lamberti, e ainda líderes espirituais de várias denominações. Algumas pessoas receberam uma homenagem na forma de uma placa o Award of Community Hero (Prêmio Herói da Comunidade) e nós fomos a única instituição liderada por brasileiros que recebeu essa honraria, o que naturalmente nos encheu de alegria.

AU – Como se deu esse contato entre a polícia e  a sua igreja?
Dávila – Através daquele programa do chefe de polícia que eu mencionei, chamado Adopot a Church (adote uma igreja), que destaca um policial para se aproximar de diversas instituições religiosas para assim aproximá-las do trabalho da polícia. No caso da nossa igreja, a policial que investigou e recomendou a nossa igreja foi a oficial Mireille Dias, que por uma feliz coincidência é braso-americana.

AU – E qual foi a sua reação ao saber que a CEIZS tinha sido agraciada com esse prêmio?
Dávila – Sentimo-nos muito pequenos, porque apesar ser uma homenagem grande, vinda da mão da prefeita e do chefe de polícia, ela nos inspira humildade. Mas sentimo-nos também muito honrados e engradecidos, por várias razões. Essa placa hoje está no Rio de Janeiro, no escritório do nosso líder. A Bíblia diz que “os filhos são flechas nas mãos dos pais”. Eu sou filho espiritual de um grande homem de Deus. Estou participando desse momento de sucesso tremendo por causa do ensinamento, do caráter, da liderança e integridade do meu líder, o apóstolo Marco Antonio Peixoto. E por isso não existirira melhor lugar para aquela placa do que em seu escritório.

AU – E qual foi a reação dos fiéis da igreja ao saber dessa conquista?
Dávila – A igreja ficou obviamente muito feliz, maravilhada de ver que tem um respaldo oficial das autoridades, que reconheceram o nosso trabalho. Porque, infelizmente, em alguns momentos, aqui no sul da Flórida ouvimos tantas coisas negativas com relação a algumas igrejas. E agora acontece algo assim tão positivo com a nossa. Os fiéis se sentiram muito honrados por estarem numa casa séria, que está investindo no progresso das vidas delas, e que alcançou essa conquista em menos de um ano de atuação neste novo templo de Deerfield Beach.

AU – Isso traz mais responsabilidade para a igreja.
Dávila – A igreja entende que essa homenagem é uma chave. Há muito tempo eu vinha orando e participando no Rio de trabalhos sociais em creches, favelas, junto a idosos. Mas lá nós somos muito influentes e extremamente conhecidos. Aqui, o trabalho foi conquistado, foi desenvolvido praticamente do zero e o sucesso alcançado em muito pouco tempo. O que nós entendemos é que essa placa de homenagem nos traz acesso a pessoas sérias, influentes, que podem nos levar até os veículos certos, onde a igreja verdadeira pode se fazer presente como uma extensão de ajuda e suporte para quem precisa. Eu estou radiante agora que encontrei esse respaldo para continuar fazendo o que vim fazer aqui. Toda a igreja está radiante com essa homenagem, que nos fez encontrar pessoas com o mesmo coração e que desejam unir forças para ver um dia melhor, famílias melhores, uma Flórida melhor e, por que não dizer, uma nação melhor.