Chico Buarque completa 70 anos

0
824

Chico Buarque completa 70 anosUm dos principais nomes da música popular brasileira, Chico Buarque, completou 70 anos na quinta-feira (19). Chico passou seu aniversário em Paris, onde decidiu se refugiar para terminar de escrever seu próximo romance.

O músico, conhecido por sua introversão, preferiu fugir da agitação do Brasil durante a Copa do Mundo e ficar dois meses na capital francesa para terminar seu quinto livro.

Para que essa ausência não seja tão sentida, vários músicos programaram nesta semana shows que revisitam a obra de Chico Buarque, que incluem suas canções mais intimistas, os sambas e as letras de protesto que compôs durante a ditadura militar.

O grupo MPB-4 e as cantoras Roberta Sá e Marina de La Riva, por exemplo, farão um show no sábado em homenagem ao cantor no Teatro Castro Alves, em Salvador.

Também no sábado o cantor Carlos Navas apresentará no Memorial da América Latina de São Paulo o espetáculo Todo Sentimento, que inclui as canções mais emblemáticas do compositor, e a banda Seu Chico, famosa pelas versões dançantes dos clássicos de Chico Buarque, fará show também em São Paulo.

A Rádio Nacional transmitiu na quinta-feira para todo o país três programas especiais, um pela manhã, dedicado aos sambas do cantor, um à tarde focado em seu papel como ativista político e um noturno sobre as músicas que dedicou às mulheres.

Este ano ainda começará a ser filmado pelo diretor Lula Buarque de Hollanda, primo do compositor, o filme Leite Derramado, baseado no último livro lançado por Chico. O diretor Cacá Diegues também começará a filmar este ano O Grande Circo Místico, baseado no espetáculo escrito em 1982 (e lançado no ano seguinte) por Chico Buarque e Edu Lobo.

Já Ruy Guerra pretende fazer uma nova montagem do espetáculo Calabar, o Elogio da Traição, que teve o roteiro escrito a quatro mãos pelo diretor e o artista. Este ano também será levada ao teatro a peça “Apesar de você”, escrita por Gustavo Passo inspirado na música de uma das canções mais clássicas de Chico Buarque, uma crítica implícita e impecável à ditadura. Igualmente será encenado este ano o musical, Os Saltimbancos, uma das obras infantis do escritor e compositor.

Já a gravadora Universal homenageará seu contratado com o relançamento da coleção De Todas as Maneiras, que reúne os primeiros 22 discos de Chico Buarque, entre 1966 e 1986. A Universal também colocou esta semana no iTunes todo o catálogo que possui do compositor.