Chuvas levam destruição ao estado do Paraná

0
451

O número de cidades em situação de emergência no Paraná aumentou para 130, de acordo com a Defesa Civil do estado. Cerca de 700 mil pessoas foram afetadas pelas fortes chuvas que atingiram o estado nos últimos dias e já deixaram 13 mortos.

Já em Santa Catarina, a Defesa Civil estima cerca de 130 mil pessoas foram atingidas pelas chuvas que caíram no Estado entre a última sexta-feira (7) e o domingo (9). Desalojados, na maioria, e desabrigados, passam de 20 mil.

A Defesa Civil, que trabalha na entrega de donativos, informou que o município de União da Vitória, no extremo sul do estado, corre o risco de ser enquadrado como calamidade pública. São 8 mil pessoas afetadas. A cidade fica à beira do Rio Iguaçu.

Na última terça-feira (10) o Ministério da Integração Nacional liberou R$140 mil para o estado. Segundo a assessoria da pasta, os recursos serão destinados à compra de cestas de alimentos. Novas solicitações devem ser feitas, serão avaliadas e liberadas posteriormente.

De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, não haverá chuvas significativas no estado até quinta-feira (12). A frente fria, que estava estagnada principalmente na região dos Campos Gerais, a mais prejudicada pelos altos níveis de chuva desde a última quinta-feira (5), começou a avançar para o oceano, em direção a São Paulo, na madrugada de segunda-feira (9), o que afasta o risco de novas enchentes.
De acordo com o Simepar, a tempestade que provocou sérios estragos foi um evento muito intenso, recorde no Paraná desde 1997.