Cidades americanas se unem para que imigrantes se tornem logo cidadãos

0
1251

Prefeitos de Chicago, New York e Los Angeles lançam projeto “Cidades Para a Cidadania”

DA REDAÇÃO COM IMMIGRATION DIRECT

As cidades de Chicago, Los Angeles e New York estão se unindo para incentivar que imigrantes que tenham greencard obtenham a cidadania americana, ampliem seus direitos e estejam aptos a votarem nas eleições. De acordo com o Chicago Tribune, a iniciativa é chamada de “Cidades para a Cidadania” e tem o objetivo de aumentar o número de cidadãos americanos.

O projeto Cidades pela Cidadania foi anunciada pelo prefeito de Chicago, Rahm Emanuel, pelo prefeito de New York, Bill de Blasio e pelo prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti. O trio disse que, por naturalização, novos cidadãos terão acesso a melhores empregos e bolsas de estudo. Além dos benefícios observados pelos próprios imigrantes, as cidades verão um impulso econômico.

De acordo com o The Wall Street Journal, o benefício da cidadania americana aos imigrantes poderia adicionar entre $1,8 bilhão a 4,1 bilhões dólares para a economia de New York, entre $1 bi e $1,6 bilhões para Chicago e entre $1,6 bilhão e 2,8 bilhões dólares para Los Angeles.

“A cidadania é uma poderosa ferramenta de combate à pobreza, pois traz enormes benefícios econômicos para as famílias e para as comunidades”, disse Blasio, disse em um comunicado conjunto emitido pelos três prefeitos. “Mais do que isso, ele ajuda a manter as famílias unidas.”

Emanuel disse que seu objetivo é fazer com que Chicago seja a cidade mais amigável aos imigrantes nos EUA já que quase metade de todos os novos negócios na cidade são iniciados por imigrantes.

Garcetti acrescentou que os imigrantes desempenham um papel importante na economia da nação e disse que já era hora de promover a sua integração na cultura dos Estados Unidos, sem deixar que questões políticas atrapalham.