Circulando

0
3253
Natalicia recebe o prêmio Faz a Diferença, no Copacabana Palace

Comunidade imigrante é representada no prêmio Faz a Diferença

A brasileira, naturalizada americana, Natalicia Tracy, residente de Boston, foi uma das personalidades contempladas com o prêmio Faz a Diferença, uma iniciativa do jornal O Globo, em parceira com a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIERJ). Natalicia comanda o Centro do Trabalhador Brasileiro em Boston, importante espaço no apoio a imigrantes brasileiros nos Estados Unidos. Há 27 anos no país, onde chegou com 19 anos, Natalicia trabalhou como babá de uma família brasileira e chegou a sofrer maus-tratos dos patrões. Hoje, ela tem um PhD pela Boston University, onde leciona, e é referência na luta pela causa imigrante no estado. A cerimônia de premiação foi no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

Miami Dauphine

O artista plástico Valter Morais acaba de realizar um sonho de criança. Ele completou a restauração de um legítimo Renault Dauphine 1962, carro bastante popular no Brasil e há décadas fora de linha. A relíquia foi encontrada enferrujada num matagal perto de Sarasota (Flórida) e, muitos meses e quinze mil dólares depois, renasceu na garagem do artista em reluzente verde piscina, totalmente restaurada. Apaixonado pelo modelo, o paulista Valter agora desfila o tesouro automobilístico pelas ruas de Fort Lauderdale.

Valter Morais e seu Renault Dauphine 1962

Global Assistance Foundation

O pastor Silair Almeida, da Primeira Igreja Batista da Flórida (PIB), retornou na semana passada de mais uma missão da Global Assistance Foundation no Haiti. Descrita pelo pastor como “a cara social da PIB”, a GAF é uma instituição secular que atende regularmente comunidades carentes no país caribenho e no Brasil. No Haiti, a GAF sustenta o orfanato Mango Tree, perto de Port-Au-Prince, onde cada criança tem um ‘pai adotivo’, nos Estados Unidos, colaborando mensalmente para o seu sustento. No Brasil, a GAF auxilia a comunidade da Vila do Jacaré, perto de Manaus, onde já ergueu centros médico, odontológico e jurídico, e também a comunidade dos índios Tikuna, na fronteira do Brasil com Peru e Colômbia. Os investimentos da GAF em projetos sociais somaram mais de 450 mil dólares no ano passado. “E vem mais por aí”, diz Silair. “Em breve, teremos parcerias com a Gates Foudation, de Bill e Melinda Gates, e com outras grandes instituições filantrópicas americanas”.

Silair com menina do orfanato Mango Tree, sustentado pelo projeto Global Assistance Foundation
Silair com menina do orfanato Mango Tree, sustentado pelo projeto Global Assistance Foundation

Os recitais de Simone pelo mundo

Depois de brilhar na noite de gala da BrazilFoundation em Miami, baile que arrecada recursos para obras sociais no Brasil, a pianista Simone Leitão partiu para uma turnê por algumas capitais brasileiras, levando às plateias um repertório que inclui peças de Bach, Beethoven e Ravel. A capital da vez foi o Rio de Janeiro, onde Simone apresentou-se na tradicionalíssima Sala Cecília Meireles. O próximo recital de Simone será na quinta-feira (6) na cidade de Pistoia, Itália. A pianista ainda coordena o projeto Academia Jovem Concertante, um trabalho itinerante pelo Brasil que visa preparar jovens para um futuro como integrantes de orquestras.

Simone Leitão com a irmã, a jornalista Miriam Leitão
Simone Leitão com a irmã, a jornalista Miriam Leitão
Todo o jazz de Bia Malnic

A cantora e pianista Beatriz (Bia) Malnic – que divide com Loren de Oliveira a liderança do grupo vocal de mulheres brasileiras radicadas na Flórida, Brazilian Voices – comemorou o aniversário, no dia 26 de março, cantando e tocando no palco do All That Jazz, em Sunrise, ao lado de Don Wilner, Claudio Spiewak, Loren e Viviane Neves.

Bia e o contrabaixista Don Wilner
Bia e o contrabaixista Don Wilner
Franzon é um dos três melhores médicos de Fort Lauderdale

Franzon é um dos três melhores médicos de Fort Lauderdale

Entre as muitas certezas da vida, uma parece ser inevitável para o brasileiro que vive no Sul da Flórida – fazer uma visita ao dr. Neri Franzon, em Fort Lauderdale. Estabelecido há décadas nos Estados Unidos, o catarinense Franzon atende dezenas de pessoas por dia nas diversas salas de seu consultório, localizado num amplo prédio próprio, perto do Holy Cross Hospital. A competência do médico, dando diagnósticos e receitas precisas para a comunidade, lhe rendeu um lugar entre os três melhores profissionais de primary care (clínica geral) de Fort Lauderdale, segundo o o website threebestrated.com, que avalia os três melhores profissionais em diferentes áreas de atuação em todo país.