Colômbia e Venezuela encerram guerra fria

0
559

Os presidentes da Colômbia, Juan Manuel Santos, e da Venezuela, Hugo Chávez, anunciaram o restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, depois de 19 dias de uma guerra fria que ameaçou a paz na região.

“Temos de celebrar”, disse Santos, confirmando que seu país decidiu virar a pagina e pensar no futuro de nossos povos. Chávez também estava exultante e citou Bolívar: “Colocamos a pedra fundamental em nossa nova relação”, afirmou o Venezuelano.

O problema de relacionamento já vinha se arrastando há anos e azedou ainda mais quando a Colômbia denunciou a presença de guerrilheiros de oposição ao governo em território venezuelano. As relações se deterioraram de vez quando o ex-presidente colombiano, Álvaro Uribe, apresentou à Organização dos Estados Americanos (OEA) fotos, imagens e mapas que comprovariam a presença de 1.500 membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no país de Chavez. Os dois garantiram que essa nova relação será duradoura… pelo menos até o próximo problema.