Comunidade internacional busca trégua entre judeus e palestinos

0
628

Anúncio do cessar-fogo não interrompe combates em Gaza

Apesar do anúncio do presidente francês, Nicolas Sarkozy, de que Israel teria aceitado a proposta de cessar-fogo apresentada por França e Egito, os combates entre soldados israelenses e militantes islâmicos do Hamas foram retomados na Faixa de Gaza após o fim da trégua humanitária de três horas. Os combates serão interrompidos diariamente por um período para facilitar a entrada de ajuda aos palestinos em algumas regiões do território.

As pressões internacionais sobre Israel para pôr fim a seus ataques, que já duram mais de duas semana, aumentaram depois de disparos de tanque matarem 42 palestinos numa escola da ONU na região. Após a trégua de três horas, os confrontos foram retomados em Gaza. Ao mesmo tempo em que ordenou uma suspensão de três horas nas operações militares para permitir a entrada de ajuda, Israel disse que estuda uma escalada grande das operações, que levaria suas tropas para mais fundo nas cidades e nos campos de refugiados da Faixa de Gaza, em sua tentativa de pôr fim aos disparos de foguetes feitos por militantes islâmicos contra Israel.

Moradores do norte da Faixa de Gaza afirmaram que houve troca de tiros entre soldados israelenses e membros do Hamas durante as três horas da trégua temporária. Na Cidade de Gaza, centenas de pessoas foram às ruas para fazer compras e visitar familiares. Israel suspendeu suas operações militares em partes da Faixa de Gaza, dizendo que o intervalo de três horas permitiria a entrada de ajuda por um “corredor humanitário” que estabeleceu. Mais tarde, porém, os confrontos foram retomados perto da cidade de Gaza, segundo moradores. O Hamas também anunciou a suspensão do disparo de foguetes temporariamente.