Contração global parece diminuir

0
548

Análise foi feita pelo presidente do Banco Mundial

Sem otimismo exagerado, mas também sem o pessimismo que vem marcando a opinião dos economistas nos últimos tempos, o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, afirmou que o ritmo de contração da economia global parece estar desacelerando e uma recuperação deve começar no fim deste ano. “Eu acho que há uma boa chance de que embora enfrentamos declínios, eles ocorrerão em menor tamanho. A maioria espera uma recuperação no fim deste ano, no começo do ano que vem”, disse. Zoellick acrescentou que as condições dos mercados financeiros estão melhorando e pediu que os países desenvolvidos aumentem o apoio a nações pobres para assegurar uma retomada total.