Copa do Brasil tem novo campeão: Vasco da Gama

0
514

Equipe cruzmaltina fez a festa em Curitiba que ecoou no Rio de Janeiro e em todo o Brasil

Conquistar um título era algo um pouco esquecido pela torcida vascaína. Mas quando o capitão Fernando Prass levantou o inédito e tão sonhado troféu da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, após a conquista em cima do Coritiba, o Vasco sacramentou a sua volta por cima. Em pouco mais de dois anos, superou o trauma do rebaixamento, montou uma equipe competitiva e, com o título, voltou para a Libertadores. Além disso, encerrou um jejum de oito anos, excluindo a Série B de 2009, sem uma volta olímpica.

Mesmo perdendo para o Coritiba por 3 a 2, os cariocas faturaram o título e, mais do que isto, devolveram aos seus torcedores o orgulho de vestir uma camisa do clube. O mantra vamos devolver o Vasco ao lugar de onde nunca deveria ter saído nunca foi tão bem planejado e executado. Capitaneado por Rodrigo Caetano, o dirigente que ganhou status de camisa 10 ao profissionalizar o departamento de futebol, o projeto alcançou um êxito praticamente inimaginável pelos cruzmaltinos.

Após dois anos se reestruturando, 2011 seria o ano do Vasco. E, por enquanto, está sendo. Com uma base pré-montada, faltavam os protagonistas, que chegaram rapidamente. Apostando no projeto, Diego Souza e Alecsandro chegaram para “finalizar os trabalhos e ratificar o que todos afirmavam dentro do clube: a hora do Vasco estava chegando.

O insucesso no Campeonato Carioca deixou a lição de que uma nova decepção não seria mais admitida em São Januário. Sem se abalar e com uma campanha praticamente irretocável, o Vasco assumiu a responsabilidade e se encarregou de escrever um novo capítulo feliz na vitoriosa história do clube: o título inédito da Copa do Brasil.