Corinthians vence o Atlético Mineiro e abre vantagem para o jogo de volta em BH

0
864

Corinthians mostra força na Arena e vence o Atlético-MG por 2 a 0. Galo precisa ganhar em casa pelo mesmo placar

DA REDAÇÃO COM GOAL

Na noite de quarta feira (2), o Corinthians recebeu o Atlético Mineiro em partida válida pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Jogando diante de sua torcida o Timão voltou a vencer ao bater o Galo por 2 a 0, com gols marcados por Guerreiro e Luciano.

Muito criticado durante a semana, Mano Menezes sabia que uma vitória era importante para acalmar os ânimos de todos. Além disso, uma vitória dentro de casa no jogo de ida contra o Atlético era vista como essencial para o primeiro passo para a classificação para as semifinais da Copa do Brasil. Sem perder a quatro jogos, o Atlético Mineiro queria aproveitar o bom momento para embalar ainda mais na competição. No entanto, o time de Levir Culpi sabia da dificuldade de enfrentar o time paulista em sua arena, uma vez que a última derrota do seu time havia sido justamente para o time de Mano Menezes.

O Corinthians foi melhor no primeiro tempo. O time de Mano Menezes dominou a posse de bola e teve com Guerreiro as suas melhores oportunidades da primeira etapa. Mesmocom dificuldade para manter a posse de bola no campo de ataque, o Atlético Mineiro levava perigo nas jogadas rápidas de Tardelli e Guilherme.

Aos 12 minutos, o Galo quase abriu o placar na Arena Corinthians. Tardelli apareceu aberto na ponta direita e com a bola nos pés, fez um ótimo levantamento para Guilherme no segundo pau. O meia do Galo matou a bola no peito e na sequência tocou na saida do goleiro Cássio. No entanto, Gil apareceu no meio do caminho e em cima da linha salvou o Corinthians de levar o primeiro gol da partida.
Cinco minutos depois, Guerreiro foi lançado no campo de ataque. O peruano dominou a bola na ponta direita, entrou na área e arriscou o chute cruzado. A redonda passou ao lado do gol de Victor que ficou parado no centro do gol acompanhando o lance.

Aos 25 minutos, Renato Augusto levantou a bola da ponta direita do campo de ataque para Guerreiro, no segundo pau. O peruano saltou mais alto do que o zagueiro e testou no canto esquerdo, no contra pé de Victor. A bola bateu caprichosamente no travessão antes de entrar no gol do Atlético para a alegria do torcedor corintiano presente no estádio.

Cinco minutos depois, Petros quase ampliou para os donos da casa. Elias recebeu a bola de costas para o gol, na entrada da área. O meia ajeitou no peito para a chegada de Petros que de primeira chutou no canto esquerdo do gol do Atlético. Victor saltou e espalmou para a bola pela linha de fundo, evitando um desastre maior para o time mineiro no primeiro tempo.

Nos últimos minutos da primeira etapa, o time paulista diminuiu um pouco o ritmo e o Galo conseguiu equilibrar o jogo. No entanto, nada que assustasse o goleiro Cássio, pouco exigido nos primeiros 45 minutos.

O Atlético voltou melhor no segundo tempo, no entanto, não conseguiu reverter a sua superioridade de posse de bola em gol e acabou sendo castigado no final do jogo. Com o placar a favor, o Corinthians recuou perigosamente no segundo tempo, mas segurou o Atlético até o final do jogo, saindo de campo com um ótimo resultado.

Mesmo ficando mais tempo com a bola, o Atlético demorou para criar uma boa chance no segundo tempo. A sua melhor oportunidade só foi aparecer aos 30 minutos quando Guilherme lançou Dátolo no meio da área. O argentino, sem deixar a bola cair, desviou para o gol do Corinthians tirando a pelota de Cássio. No entanto, ela explodiu caprochosamente na trave esquerda do goleiro corintiano, dando um susto na torcida alvinegra.

O castigo veio apenas dois minutos depois. Bruno Henrique cobrou falta no meio campo e levantou a bola na entrada da área. Guerreiro subiu no segundo andar para fazer o desvio antes do goleiro Victor que saiu do gol, mas nada achou. A bola sobrou para Luciano que com o gol livre não desperdiçou, ampliando o placar para o time paulista.

O Galo ainda tentou uma última reação no final do jogo. Aos 45 minutos, Dátolo levantou a bola na área do Corinthians e Cássio saltou para ficar com ela, mas acabou largando. Ele tentou agarrar pela segunda vez a redonda e Jemerson chegou com tudo para colocar a bola no fundo das redes. No entanto, o árbitro invalidou o gol e marcou um empurrão do zagueiro em cima do goleiro Cássio acertadamente.

Com a vitória, o Corinthians leva uma boa vantagem para Belo Horizonte e pode até perder por um gol de diferença que avança para as semifinais da Copa do Brasil. Com o mesmo placar o Galo leva o jogo para as penalidades e só avança caso vença por um placar com mais de dois gols de diferença.