Crianças Afogadas: Um acidente que ocorre com frequência e que pode ser evitado (mensagem do Sheriff)

0
361

Al Lamberti

Algumas das melhores lembranças do verão no sul da Flórida referem-se a situações perto da água. Da água cristalina das piscinas até as ondas do Oceano Atlântico, os residentes do condado de Broward sempre podem desfrutar de inúmeras oportunidades para navegar, nadar ou pescar. Mas a cada ano algumas destas lembranças ficam marcadas por mortes por afogamento que poderiam ser prevenidas.

Na Flórida, este tipo de morte é a primeira causa de morte em crianças menores de quatro anos.

As crianças naturalmente são atraídas pela água. Se o adulto se distrai por apenas um momento, a criança pode desaparecer debaixo da água sem ser percebida. Se a atenção do pai estiver concentrada em uma ligação telefônica, ou se a avó sai de perto da piscina para mexer a comida, isto é tempo suficiente para que a curiosidade de um menor o leve a sair pela porta traseira e cair na piscina. Geralmente é um processo silencioso. Quase nunca se ouve o mergulho ou algum grito.

Como parte de nossa iniciativa S.P.L.A.S.H., que significa Supervisão, Proteção, Lições, Alarme, Busca, Ajuda (nas siglas em inglês), o Gabinete do Sheriff de Broward está reforçando seus esforços para reduzir estas tragédias. O programa, especificamente criado por profissionais de primeiros socorros, busca educar as famílias para:

Sempre supervisionar as crianças quando estiver perto de locais com água mantendo as crianças a uma distância segura.

Utilizar vários níveis de proteção, incluindo cercas com trancas automáticas, cadeados nas portas e coberturas sobre piscinas e jacuzzi.
As crianças devem tomar lições de natação assim que estiverem engatinhando.

Todas as portas que levem a um local com água devem ter um alarme para indicar quando estiver aberta.

Cada vez que uma criança desaparece, deve-se procurar imediatamente nos locais onde há água. Não olhe apenas, vasculhe bem.
Peça ajuda chamando o 911 imediatamente. Cada segundo conta, portanto chame enquanto estiver procurando nas proximidades.

Embora os afogamentos prioritariamente ocorram nas piscinas e não no mar, podem-se tomar algumas precauções simples para manter-se seguros em alto mar. As crianças sempre devem usar seus coletes salvavidas. Os acidentes ocorrem rapidamente sem dar tempo ao adulto para ajudar. As bóias podem ser a diferença entre a vida e a morte, especialmente para as crianças.

Além disto, lembre-se de comunicar sua rota para um conhecido, assim eles podem procurar o Gabinete do Sheriff de Broward ou a Guarda Costeira no caso de você não voltar para casa. E deve incluir uma descrição de seu barco, onde pretendia ir, com quem e quando pensava em retornar.

Você pode obter mais informações sobre medidas de segurança na água visitando a Webpage do BSO, www.sheriff.org. Ali também é possível manter-se ao par das notícias e informações sobre nosso órgão através de nosso portal no Facebook (Broward Sheriff’s Office Official), seguindo-nos pelo Twitter@browardsheriff ou inscrevendo-se em nosso programa CyberVisor.

Mantenha-se seguro!


Al Lamberti é o atual sheriff do condado de Broward. Com 30 anos de experiência, é o único policial de carreira do BSO a alcançar o posto mais alto da corporação