Crise não afeta popularidade de Lula

0
683

Presidente tem 84% de aprovação

Não há crise ou escândalo que derrube a popularidade de Luiz Inácio Lula da Silva. O índice de aprovação do presidente subiu para 84% e bateu novo recorde em janeiro, segundo pesquisa do Instituto Sensus – em dezembro era de 80,3%. Mas não é só isso: o número de pessoas descontentes com a atuação de Lula caiu de 15,2% para 12,2% e a avaliação positiva do governo também pulou para 72,5% em janeiro.

Mesmo com a crise financeira, os brasileiros acreditam na recuperação do país. Mais da metade da população crê que o emprego e a renda vão melhorar este ano. “O presidente Lula é a âncora da esperança. O povo acredita em Lula e nas medidas do governo contra a crise. O cidadão percebe o desemprego, mas acredita que as medidas anunciadas pelo Planalto vão funcionar”, avalia o pesquisador Ricardo Guedes, buscando uma das explicações para o “sucesso” do presidente.

O otimismo também se estende aos Estados Unidos, já que 76,6% da população brasileira considera o novo ocupante da Casa Branca, Barack Obama, positivo para o mundo, enquanto 56,4% dos entrevistados afirmam que o democrata vai resolver os problemas financeiros da América.