Curiosity está pronta para passear em Marte em busca de vida

0
591

Veículo exploratório vai colher amostras que serão analisadas posteriormente no laboratório da NASA

DA REDAÇÃO COM AGÊNCIA EFE – O veículo explorador Curiosity espera dar seus primeiros passos em Marte nesta quarta-feira (22) depois de ter “esticado” as juntas e ter colocado seus instrumentos no ponto durante as duas primeiras semanas no Planeta Vermelho.

O diretor da missão Curiosity, Michael Watkins, afirmou que estava previsto enviar nas últimas horas da terça-feira (21) os comandos para o dispositivo “para fazer nosso primeiro passeio” na quarta-feira.

Se tudo sair bem, o dispositivo se movimentará três metros para a frente, girará para a direita e “estacionará” levemente à esquerda do ponto de partida, onde aterrisou há duas semanas.

O teste faz parte das manobras de afinação feita pelos engenheiros da NASA desde que chegou ao Planeta Vermelho na madrugada de 6 de agosto.

Nestas duas primeiras semanas a Curiosity já estendeu seu braço robótico de 2,15 metros de comprimento, uma torre de instrumentos que inclui uma câmera, uma furadeira, um espectrômetro, que funciona como uma pá, e um filtro para a separação das amostras de rochas pulverizadas e de solo.

Também utilizou seu potente raio laser com o qual pulverizou uma pedra do tamanho de um punho para certificar o bom funcionamento do telescópio e os três espectrômetros que o equipam.

Movimentou ainda suas rodas, para testar o sistema de navegação do explorador, e enviou centenas de fotografías em branco e preto e coloridas que proporcionaram a visão mais nítida de Marte conhecida até agora, cujo terreno foi comparado ao deserto de Mojave, na Califórnia.

Curiosity está equipado com tecnologia de ponta e seus espectrômetros têm capacidade para registrar 6.144 diferentes comprimentos de onda de luz ultravioleta, visível e infravermelha.

O veículo do tamanho de um carrinho de golfe e pesando uma tonelada chegou com a missão de dois anos para percorrer parte do planeta a fim de analisar sua composição e determinar se possui ou alguma vez possuiu condições para abrigar vida.