Daslu é multada em R$ 236 milhões por sonegação

0
719

Valor é referente a impostos externos que, segundo a Receita, não foram pagos

A butique de luxo Daslu, instalada em São Paulo, vai ser autuada em R$ 236.371.942,45 por multas e juros referentes a tributos na importação de produtos feitos pela Multimport entre 2001 e 2005. O valor é referente a impostos externos que, segundo a Receita Federal, não foram pagos. Outras ações fiscais ainda correm no órgão e uma delas deverá autuar a empresa por suposta sonegação de impostos internos.

O procurador da República Matheus Baraldi Magnani, disse que deve sair no início do próximo ano a decisão criminal do caso. Ele explicou que a butique é devedora solidária no processo, pois a importadora era sua parceira no que o Ministério Público Federal considera um esquema de sonegação de imposto. “Estavam juntas na fraude”, afirmou Magnani.

Os proprietários da Daslu, Eliana Tranchesi, seu irmão Antônio Carlos Piva de Albuquerque e outros cinco empresários no ramo de importação são acusados de formação de quadrilha, descaminho aéreo (importação de produtos lícitos, mas de maneira irregular), descaminho aéreo tentado e falsidade ideológica. Conforme o Ministério Público Federal, eles podem ser condenados a até 21 anos de prisão.