De penetras a vítimas

0
604

Casal que participou de jantar de gala na Casa Branca agora nega que estava sem convite para o evento

Michaele e Tareq Salahi ocuparam as primeiras páginas dos jornais do mundo inteiro, quando participaram do jantar de gala em homenagem ao primeiro-ministro indiano na residência oficial do presidente dos Estados Unidos, supostamente sem convite. Passadas duas semanas, Salahi veio a público para negar que entrou na Casa Branca sem permissão. E mais: disse que tudo o que aconteceu foi “a coisa mais devastadora” de sua vida.

Na primeira entrevista concedida desde o fato, ele se mostrou abatido mas manifestou a certeza de toda a verdade sobre as circunstâncias em torno de sua participação em um jantar de tamanha importância. “Nos entristece muito que nos apontem como penetras. Só posso dizer que não entramos sem convites na Casa Branca”, argumentou Salahi, deixando claro que ele e sua mulher admiram muito o presidente Barack Obama.

Por sua vez, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, manteve a posição do governo de que o casal não foi convidado para a festa. “Não há mal-entendido. Ninguém se apresenta à Casas Branca por acaso”, disse Gibbs, acrescentando que a primeira-dama do país, Michelle Obama, estava contrariada e até indignada pelo incidente.