Deerfield Beach terá uma prefeita

0
919

Peggy Noland derrotou Capellini na maior surpresa das urnas. Candidato brasileiro a vereador obtém apenas 74 votos

Depois de três mandatos como comissioner (vereadora) de Deerfield Beach, entre 1993 e 2005, Peggy Noland assumirá agora o cargo de prefeita da cidade mais brasileira do sul da Flórida. Numa das maiores surpresas das urnas destas eleições municipais, ela derrotou o ex-prefeito Al Capellini, que foi afastado da função durante seu quinto mandato, acusado de irregularidades administrativas. Na votação para vereador do Distrito 3, pleito no qual o brasileiro Jimmy Albuquerque concorria, o vencedor foi Marty Popelsky, que vai para seu segundo termo.

Noland recebeu 1.901 votos, enquanto seu adversário direto, Capellini, apesar das denúncias, foi o segundo lugar na corrida, com o apoio de 1.531 moradores de Deerfield Beach. A eleição teve ainda outros quatro candidatos. A futura prefeita vai administrar um orçamento de seis milhões de dólares e uma cidade com uma população de cerca de 80 mil pessoas. Os brasileiros representam mais de 20% dos moradores, segundo dados não-oficiais.

Por falar em brasileiro, ainda não será desta vez que teremos um conterrâneo na câmara de vereadores: Jimmy Albuquerque recebeu apenas 74 votos nas urnas e tirou terceiro lugar na corrida pelo cargo de comissioner do Distrito 3. O vencedor lá foi o atual vereador da região, Marty Popelsky, que obteve 1.298 votos.

Em Davie, a vencedora da corrida para prefeito também foi uma mulher: Judith Paul foi eleita com mais de 54% dos votos.