Democratas e republicanos chegam a acordo sobre reforma migratória

0
602

O senador democrata Ted Kennedy anunciou, nesta quinta-feira, um acordo com os republicanos sobre a reforma migratória no Senado americano que permitiria regularizar a situação de milhões de imigrantes ilegais nos Estados Unidos.

O democrata comemorou o acordo com os republicanos, considerando que o apoio dos dois partidos ao projeto representa a “melhor oportunidade para dar segurança às fronteiras e tirar milhões de pessoas das sombras”.

Segundo Kennedy, o acerto prevê, entre outros aspectos, a duplicação do numero de guardas de fronteiras, além da possibilidade de legalização de 12 mil imigrantes.

Entre as personalidades que apóiam o projeto, está o pré-candidato republicano e senador pelo Arizona, John McCain.

O anúncio acontece depois de várias semanas de negociações lideradas pelo próprio Kennedy e pelo republicano Jon Kyl. A intenção era conseguir um acordo que permitisse o debate e a aprovação da reforma migratória dentro do prazo fixado pelo democrata Harry Reid, que vence no final do mês.

Reid considerou o acordo com um ponto de partida para o debate, mas disse temer por alguns aspectos da proposta, como a estrutura de trabalho temporário e também limitações indevidas sobre imigração familiar.

O democrata ainda alertou: “Precisamos melhorar o projeto, enquanto ele tramita pelo legislativo”, evidenciando divisões na maioria democrata.

O acordo que tem como ponto principal o reforço da segurança das fronteiras não deve ser aprovado com os termos atuais.