Dicas de Intercâmbio

0
899

Universidades estrangeiras abrem inscrições para bolsas de estudos
Nessa época do ano, muitas universidades ao redor do mundo abrem inscrições para os processos seletivos de bolsas de estudo para cursos de pós-graduação. Cabe ao aluno escolher o que for melhor para ele e enviar toda a documentação. Vale lembrar que o processo é longo, cheio de detalhes e nem sempre a bolsa cobre todas as despesas, no entanto, ninguém que tenha conseguido uma bolsa anda reclamando por aí.

Os programas podem cobrir desde uma parte das despesas universitárias até os gastos pessoais do estudante durante a estadia no exterior. As vantagens para a carreira do profissional que estuda no exterior vão além da formação acadêmica. Alunos aprimoram a língua estrangeira, fazem amigos, há possibilidade de fazerem contatos para futuro emprego e muitas outras oportunidades.

Além do programa Ciência Sem Fronteiras, que oferece bolsas de estudos no exterior para estudantes e profissionais das áreas de engenharia, ciências e tecnologia, ?a maioria das universidades na Europa e nos Estados Unidos investe em programas de internacionalização e oferece bolsas de estudos para pessoas da América Latina, África, Ásia e Oriente Médio em diversas outras carreiras. Em alguns cursos, cerca de 25% dos estudantes não são nativos.

Participar desses programas, contudo, não é tão simples. Cada universidade tem seu próprio sistema de seleção, que inclui etapas que vão desde a análise dos documentos até entrevistas pessoais ou por webconferência e que começam cerca de seis meses antes do início do curso. Mais informações no website www.usahelp4u.com.

ONU abre 10 vagas para brasileiros
As vagas são destinadas aos brasileiros que sempre sonharam em trabalhar para uma boa causa. Algumas delas são para exercer a profissão no Brasil e outras são para brasileiros dispostos a levar suas capacidades para outras partes do mundo.

Na busca do combate ao ebola, o Programa de Voluntários da ONU está enviando profissionais de saúde para a Libéria, Serra Leoa e Guiné. Os candidatos devem ter pelo menos dois anos de experiência prática e pelo menos 25 anos de idade.

Mais informações no website www.unv.org/en/how-to-volunteer/special-recruitment/applications-in-response-to-the-ebola-crisis.html.

‘Idioma Sem Fronteiras’ abre vagas para curso de francês
O programa Idioma Sem Fronteiras, para quem precisa aprender outra língua para estudar fora do país, abriu inscrições no dia 21 de novembro para quem quer estudar francês de graça.

É preciso estar matriculado em uma universidade pública no Brasil e fazer a inscrição pela internet. As aulas são online e presenciais. A ideia é preparar os alunos para que eles possam concorrer a uma vaga do Ciência Sem Fronteiras, já que para estudar lá fora é necessária a fluência no idioma local.

Ao todo, o programa oferece curso de sete idiomas. As inscrições para o curso de francês vão até o dia 18 de dezembro.

MEC autoriza institutos federais a conceder bolsas de pesquisa e intercâmbio
O Ministério da Educação autorizou os institutos federais de educação, ciência e tecnologia a conceder bolsas de pesquisa, desenvolvimento, inovação e intercâmbio a alunos, docentes e pesquisadores. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União no dia 24 de novembro.

A portaria prevê que as bolsas de intercâmbio sejam concedidas no âmbito de programas e projetos institucionais que envolvam a troca de experiência ou o conhecimento em ações de ensino, pesquisa aplicada, extensão ou inovação.

A seleção dos beneficiários será de responsabilidade dos institutos e deverá ser feita por meio de edital ou chamada pública.

As bolsas serão classificadas segundo critérios de função e responsabilidade dos beneficiários nos projetos e programas, nas seguintes modalidades: gestor de programa, gestor de projetos, coordenador de projeto, pesquisador, extensionista, colaborador externo, estudante e intercambista. Os valores das bolsas terão como referência aqueles estabelecidos pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Abertas temporada de bolsas da Fundação Estudar
O programa de bolsas 2015 da Fundação Estudar está com pré-inscrições abertas. O programa é o carro chefe da Fundação e a principal porta de entrada para novos líderes do futuro. Há mais de 20 anos no mercado, a Fundação concede bolsas para brasileiros que queiram cursar as melhores escolas no Brasil e no mundo.

O perfil é de jovens de todos os cursos que atuam ou desejam atuar na área empresarial, de empreendedorismo, terceiro setor, governo, ou acadêmica/científica, que se identificam com os valores da Fundação Estudar, apresentam excelência acadêmica e querem deixar um grande legado para o país.

Para participar do processo seletivo, o jovem deverá ter entre 16 e 34 anos e ser brasileiro; estar matriculado ou em processo de aceitação em uma das modalidades de curso apoiadas pela Fundação Estudar.

As bolsas são para graduação no Brasil e no exterior; intercâmbio acadêmico no exterior durante a graduação e duplo-diploma no exterior durante a graduação; mestrado, doutorado e pós-doutorado no exterior.

Além da bolsa de estudo, os jovens selecionados recebem o convite para fazer parte da Comunidade Estudar–rede de pessoas que sonham grande, querem transformar o país e deixar um legado para futuras gerações.

Para mais informações www.fundaçãoestudar.org.