Dreamers do Arizona pagarão o mesmo que residentes nas universidades do estado

0
815

O jovens indocumentados que foram beneficiados pela Ação Deferida do presidente Obama baixada em 2012 podem comemorar. Um juiz do Arizona decidiu que os chamados “Dreamers” podem continuar contando com os mesmos descontos estudantis que os concedidos aos residentes no estado (in-state tuition).

“No início nem acreditei,” disse Vianey Perez, caloura de 18 anos no Phoenix College. “Fiquei muito feliz.”

O juiz Arthur Anderson, do condado de Maricopa, decidiu na terça-feira (5) que os Dreamers aprovados para a Ação Deferida (DACA) qualificam-se para pagar as mesmas anuidades universitárias que residentes do condado.

A decisão enterra um processo movido há dois anos pelo então procurador-geral do Arizona, Tom Horne. Ele processu o Maricopa Community College District, um dos maiores do país, alegando que o distrito violava uma lei estadual ao permitir que os Dreamers pagassem o mesmo que residentes.

A lei a que Horne se referia foi aprovada em 2006, e impedia que alunos que não provassem seu status imigratório legal pagassem o mesmo que cidadãos legais ou residentes nas faculdades do estado. O argumento era de que os beneficiados não eram residentes legais e que por isso não teriam direito à equiparação.

O juiz Anderson não aceitou o argumento e decidiu que sob o programa DACA os alunos estão de fato e legalmente presentes.

A decisão é uma boa notícia para Perez, que chegou aos EUA trazida pelos pais do México aos quatro anos de idade. Ela disse que a decisão significa que vai poder pagar seus estudos e possivelmente transfrerir-se para uma universidade pública do Arizona e formar-se em desenho gráfico.

“Sigifica que não vou mais precisar mudar de estado para continuar meus estudos,” comemorou a jovem.

Espera-se agora que o Arizona Board of Regents (ABOR), que rege as três universidades públicas do Arizona, sigam a decisão e permitam que os beneficiados pelo DACA paguem anuidades com descontos de residentes. O Board ficou de reunir-se na quinta-feira (7).

“Ampliar os descontos para os Dreamers não é só certo como também é lei.” Disse German Cadenas. Presidente de uma associação de alunos na Universidade Estadual do Arizona.”

Cadenas tem sido uma voz atuante na campanha pelos descontos para os dreamers. No início do mês, pressionou o governador do estado, Doug Ducey, para apoiar os Dreamers.

Antes da reunião de quinta-feira, a presidente do Board, Eileen Klein, disse em nota que o Board “estava analisando a decisão da corte.” Ela também disse que estavam também considerando a possibilidade de reduzir em até 150% as anuidades para Dreamers de fora do estado.

“Este Board está comprometido com a ampliação do acesso à educação para todos os alundo do Arizona e, como parte desta missão, apoia todas as medidas legais que aumentem esse acesso para os alunos beneficiados pelo DACA”, disse Klein. Seu tio Harry é o quinto.