Dupla de zaga deixa Mano com dúvidas

0
588

Zagueiro Réver foi citado por Mano na entrevista

A atuação de Dedé e Réver não foi exatamente como o técnico Mano Menezes imaginava. O comandante da seleção voltou sua preocupação durante os noventa minutos contra a Argentina para o sistema defensivo. Só que a dupla entende ter feito uma um bom jogo.
“A gente treinou pouco tempo, é difícil entrosar. É só na base da conversa. Mas a gente se saiu bem e foi super tranquilo jogar ao lado de um grande jogador como o Dedé, disse Réver, do Atlético-MG.

Com a bola rolando, tanto ele quanto o zagueiro do Vasco tiveram alguns desajuste na hora dos desarmes. Na etapa final, Dedé chegou a se enrolar com a bola no momento de afastar. E precisou de três tentativas para aliviar o goleiro Jefferson.

A falta de entrosamento foi o fato principal da partida. Mas tocamos bem a bola, soubemos encaixar. Vou dormir feliz, fiz o meu papel, afirmou Dedé, que estreou com a camisa da seleção após três convocações.

Minutos antes, Mano Menezes seguiu o caminho oposto dos dois. Minha preocupação maior era o sistema defensivo. Seis jogadores desconhecidos entre si. Nossas dificuldades se deram pelo lado esquerdo defensivo, disparou o técnico.

A avaliação de Mano terá tempo para acontecer. O comandante volta a convocar a seleção brasileira no próximo dia 21. Uma semana depois, a equipe entra em campo contra a Argentina, na grande decisão do Superclássico das Américas, em Belém.