Eleições: pesquisas apontam resultados distintos

0
581

Sondagens, porém, confirmam que disputa entre Obama e McCain continua acirrada

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Gallup, o candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, continua liderando, por uma margem pequena, a disputa presidencial contra o republicano John McCain. Já a prévia realizada pelo Zogby dá ao republicano uma margem de cinco pontos percentuais de vantagem sobre o democrata, o que comprova que a disputa continua acirrada.

Segundo a sondagem Gallup, Obama lidera com 46% das intenções de voto contra 43% de McCain, mantendo a média geral de seu desempenho nas últimas semanas. A diferença não estabelece uma vitória consolidada de Obama já que fica dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Ainda segundo a pesquisa, 6% dos eleitores não têm opinião formada para a votação de 4 de novembro, 4% não votarão em nenhum candidato e apenas 1% indicam preferência por outro candidato. Embora McCain tenha conquistado um empate nas últimas três pesquisas do mesmo instituto, o senador por Arizona não conseguiu manter o bom cenário e nem revertê-lo para uma vantagem.

A pesquisa realizada pelo instituto Zogby revela uma aparente reviravolta na campanha eleitoral americana, com McCain abrindo cinco pontos de vantagem sobre seu adversário (46% das intenções de voto, contra 41% do rival). A sondagem mostra também que o republicano é visto como melhor administrador para a economia do país, o que, diante da crise enfrentada pelos EUA, pode ser fator decisivo nas eleições de 4 de novembro.

As pesquisas mostram ainda que Obama lidera com margem de 24 pontos percentuais entre os eleitores com menos de 30 anos. Já o republicano McCain mantém a liderança entre os homens, com 45% das intenções contra 35% do democrata. A expectativa é que, a menos de três meses das eleições e a poucos dias das convenções nacionais (que oficializam as candidaturas às eleições gerais), a campanha presidencial se intensifique e os números comecem a mudar.