Em MA, governador volta a defender oportunidades para os imigrantes

0
578

Deval Patrick considera justo que indocumentados ingressem nas universidades pública

O governador de Massachusetts, Deval Patrick, voltou atrás em sua posição acerca da proibição de aceitar estudantes indocumentados nas universidades públicas do estado. Segundo ele, os estrangeiros têm direito a freqüentar as aulas nestas instituições por questão de justiça e até por motivos econômicos. No entanto, o político democrata alega que estes alunos devem arcar com uma mensalidade mais cara do que aqueles que atravessaram a vida escolar no país. Para ter acesso às mensalidades mais baratas, os estudantes indocumentados devem ser aprovados no teste do MCAS (Massachusetts Comprehensive Assessment System), serem admitidos por uma instituição de ensino e estar em processo de legalização.

A medida do governo estadual, que integra um pacote aprovado na área de educação, tem recebido críticas dos opositores de Patrick. Segundo o republicano Rob Willington, o projeto do governador é ambíguo. “Ele está tentando aplicar idéias pouco populares numa embalagem atraente. Em vez de gastar o dinheiro dos contribuintes com imigrante ilegais, o governo deveria imaginar uma forma de oferecer alívio para os americanos que estão enfrentando problemas imobiliários”, disse Willington.