Equipe que matou Jean Charles participa de outro caso com morte

0
836

Policiais britânicos que participaram da morte do brasileiro Jean Charles de Menezes envolveram-se nesta semana em outra operação em que um homem foi morto a tiros, informou a polícia nesta quinta-feira.

O anúncio surgiu depois da publicação de reportagem do jornal Daily Mail que afirma que um dos homens mascarados que abriram fogo contra Jean Charles também atirou em um ladrão armado na operação realizada em uma instituição financeira no sudeste da Inglaterra na noite de terça-feira.

“A equipe especialista em armas de fogo (CO19) envolvida na operação Esquadrão Voador em Kent tinha oficiais da mesma equipe que participou do evento com tiros em Stockwell em julho do ano passado”, disse em comunicado a Polícia Metropolitana de Londres.

O eletricista Jean Charles, 27, foi morto a tiros em julho de 2005 ao ser confundido com um homem-bomba na estação de metrô Stockwell, no sul de Londres.

Um porta-voz da polícia recusou a comentar se um dos policiais que atiraram no brasileiro também disparou contra o outro homem nesta semana.

O jornal Daily Mail publicou, citando fontes da polícia, que um dos homens mascarados participava da operação em Kent para impedir o assalto quando disparou e feriu o homem, que morreu depois no hospital.

A polícia informou que está investigando a operação, em que outros três homens foram presos. A Comissão Independente de Reclamações Policiais também iniciou uma investigação.

A morte de Jean Charles provocou muitas críticas contra a polícia, principalmente contra o chefe Ian Blair.

A Polícia Metropolitana deverá enfrentar julgamento no próximo mês de outubro por acusações relacionadas à morte do brasileiro.