Escolas americanas devem vender lanches saudáveis

0
717

Os lanches vendidos nas escolas americanas precisariam ter índices mais baixos de gordura e sal e incluir itens mais nutritivos como frutas, vegetais e grãos integrais, de acordo com os padrões propostos recentmente pelo Departamento de Agricultura dos EUA. A proposta também fala em limitar a 200 calorias os itens vendidos durante os dias de aula nas máquinas de lanches ou em outros locais próximos das escolas. Este é o segundo passo para melhorar a alimentação dos estudantes americanos. Um terço das crianças e adolescentes do país estão com excesso de peso ou obesos. As regras propostas cobririam cerca de 50 milhões de crianças que frequentam as mais de cem mil escolas que integram o programa de almoço na escola. Muitas crianças americanas comem mais da metade de suas calorias na escola. Houve ainda um amplo acordo entre companhias de alimentos e bebidas, advogados dos consumidores especialistas em saúde pública sobre a necessidade de se oferecer aos estudantes escolhas mais saudáveis.