Estuprador à solta em Palm Beach

0
1018

Polícia divulga retrato falado de suspeito de ter estuprado quatro mulheres

Um homem que mordeu, espancou e estuprou pelo menos quatro mulheres no condado de Palm Beach desde 2009 ainda está solto, segundo os policiais, que estão publicando um retrato falado atualizado para ajudar a capturá-lo.

Os policiais do condado de Palm Beach disseram que o estuprador espancou violentamente algumas das mulheres – cujas idades variam entre 20 e 50 anos – a ponto de mutilá-las. Todos os quatro ataques foram conectados através dos exames de DNA que apontaram para o mesmo homem. Apesar de várias dicas, nenhuma delas se revelou suficiente para capturá-lo.

“Alguém deve saber algo”, disse a detetive Lori Gunn, da Unidade de Investigações Especiais do escritório do sheriff, que está trabalhando no caso desde 2009. Entre abril e julho de 2009, o estuprador atacou duas mulheres na faixa de 20 anos – uma em Jupiter, outra em Palm Springs. Depois, entre agosto de 2009 e janeiro de 2010, ele atacou duas mulheres na faixa dos 50 anos, ambas em Lake Worth.

E agora informações sobre uma quinta vítima – uma mulher que foi tão violentamente espancada em abril que teve de ser identificada através das impressões digitais – foram reveladas. De acordo com um relatório do escritório do sheriff divulgado nesta terça-feira, um homem “se aproximou e bateu severamente” numa mulher na 2028 S. Military Trail em West Palm Beach em 10 de abril. Pela maneira como foi encontrada, os detetives acreditam que a mulher também tenha sido sexualmente agredida.

Embora o novo retrato falado seja diferente, Gunn disse não acreditar que as alterações sejam drásticas. Apesar das discrepâncias, ela espera que o retrato falado possa levar a novas pistas.

Se você sabe de alguma coisa que possa ajudar a identificar este suspeito, entre em contato com o Crime Stoppers do condado de Palm Beach pelo 1-800-458-TIPS. Uma dica que leve a uma prisão pode ser recompensada com US$3,000 e a pessoa pode permanecer anônima.