EUA dizem que ameaça terrorista a estádios é “pouco confiável”

0
639

O Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos alertou ontem a NFL (Liga de Futebol Americano Profissional) sobre a possibilidade de atentados com bombas sujas em vários estádios, embora tenha dito que tem dúvidas acerca da ameaça.

O departamento disse que o alerta foi fruto de um diálogo captado na internet e intitulado “Novo ataque contra os EUA, tenham medo”.

O diálogo na rede dizia que as bombas foram introduzidas clandestinamente nos Estados Unidos, estariam em caminhões e seriam utilizadas neste fim de semana.

As chamadas bombas sujas são artefatos explosivos convencionais com substâncias radioativas ou biológicas que podem propagar radioatividade ou microorganismos tóxicos quando detonadas.

Além disso, os interlocutores do diálogo disseram que 100 mil pessoas poderiam morrer e que “inúmeras mortes poderiam ocorrer posteriormente devido à radiação”, informou o Departamento de Segurança Nacional.

A instituição disse ainda que durante o diálogo foi dito que as explosões “eclodirão guerras civis no mundo todo, tanto no Oriente Médio como dentro dos EUA”, e que “as economias globais pararão de repente e o caos mundial reinará”.

Os estádios ameaçados seriam os de Nova York, Miami, Atlanta, Seattle, Houston, Oakland e Cleveland, onde serão disputados jogos no fim de semana.

Jarrod Agen, porta-voz do Departamento de Segurança Nacional, informou que advertiu a NFL sobre os riscos, classificados por ele como “pouco confiáveis”, e que “a informação das diferentes agências de inteligência não confirmam” o conteúdo do diálogo captado na internet.

Neste sentido, Agen disse que “não há razões para que os jogos da NFL deste fim de semana não sejam realizados”, embora o Departamento continue investigando a informação.

Russ Knoke, outro porta-voz do Departamento de Segurança, ressaltou que o alerta foi divulgado “por uma questão de extrema cautela”.

“O Departamento incentiva firmemente o público a seguir adiante com seus planos, incluindo a participação em eventos com grandes reuniões de público e jogos de futebol”, acrescentou Knoke.

No entanto, o FBI (polícia federal americana), que também disse ter dúvidas sobre o assunto, aumentará neste fim de semana as medidas de segurança ao redor dos estádios.

Num comunicado, acrescentou que abordará o tema nas conversas sobre segurança que costuma realizar semanalmente com a NFL.

Por sua vez, a NFL lembrou que seus estádios são “muito bem protegidos” com medidas que incluem o estabelecimento de um perímetro de segurança e a revista de bolsas e torcedores.

O alerta terrorista do país encontra-se atualmente no nível amarelo –que indica um elevado risco de ataque–, enquanto nos aeroportos continua no laranja, um nível acima.

O nível laranja foi estabelecido após a descoberta em agosto de um suposto plano terrorista que previa a explosão de aviões comerciais em pleno vôo entre o Reino Unido e os Estados Unidos.