EUA propõem alerta genético em remédio para câncer de mama

0
616

O comitê deixou a cargo da FDA decidir se o rótulo da droga tamoxifeno deverá recomendar testes genéticos das pacientes

Mulheres na pós-menopausa que tomam tamoxifeno para tratar o câncer de mama enfrentam risco maior de recorrência do mal se tiverem uma variação genética específica, alertam consultores de saúde do governo dos Estados Unidos. Eles recomendam que um alerta sobre o assunto seja incluído no rótulo do medicamento.

Estudos recentes descobriram que o tamoxifeno não funciona tão bem em mulheres com câncer de mama e que carregam uma variação do gene CYP2D6. Estima-se que de 7% a 10% das mulheres com câncer de mama tenham essa forma particular do gene, que afeta o modo pelo qual a droga é processada no corpo.

Consultores da Administração de Drogas e Alimentos (FDA) do governo americano recomendam que a agência alerte as mulheres para o risco. “O consenso é de que a informação é importante o suficiente para constar do rótulo”, disse o chefe de farmacologia da FDA, Lawrence Lesko.

O comitê deixou a cargo da FDA decidir se o rótulo deverá recomendar testes genéticos das pacientes que já passaram pela menopausa, antes que o remédio seja receitado.

Previous articleQuarteto Tem Erudito
Next articleSerá que o ‘verão’ está indo embora?
Fundado em outubro de 2000, o AcheiUSA Newspaper é um jornal semanal em português distribuído gratuitamente por centenas de estabelecimentos comerciais brasileiros, americanos e hispânicos, espalhados pelo estado da Flórida. Com notícias locais, imigração, cultura, agenda de eventos, cobertura social, negócios e a maior seção de anúncios classificados grátis em português fora do Brasil, o AcheiUSA é o mais completo e popular portal para os brasileiros vivendo nos Estados Unidos.