Ex de Suzane von Richtofen vai se casar com biomédica

0
686

Depois de Suzane von Richthofen. condenada à prisão por planejar o assassinato dos próprios pais em 2002, a vida também segue para Daniel Cravinhos, seu ex-namorado. No sábado (27), ele se casará com a biomédica Alyne da Silva Bento, 27, filha de uma agente penitenciária.

Condenado a quase 39 anos de prisão pela morte a pauladas do sogro e da sogra, Daniel, 33, aproveitará a saída temporária de Natal e Ano-Novo para oficializar a união. Tem o apoio dos pais da noiva. “Acredito muito em Deus. Nada é por acaso. Alguém teria que dar uma nova chance ao Daniel e, se Ele me escolheu, eu aceito”, diz a sogra Sumaia Bento, 52, evangélica.

Alyne e Daniel se conheceram em novembro de 2012 quando ela foi ao presídio de Tremembé visitar um irmão preso por suposta participação em um roubo. Em maio do ano passado, Cravinhos passou com Alyne o primeiro dia fora da prisão em quase sete anos. O direito foi obtido após ele passar para o regime semiaberto. Já em agosto deste ano, na “saidinha” do Dia dos Pais, Daniel pediu a mão da namorada.

No dia do noivado, celebrado com almoço na casa da noiva, montou uma cena com direito a faixa estendida (“Lyne, quer casar comigo?”), buquê de rosas, aliança e juras de amor. Em outubro, em mais uma saída da prisão, o casal acertou a data do casamento. Marcaram entre o Natal e Ano-Novo para não correrem o risco de o noivo não poder comparecer à cerimônia. Em cada unidade prisional, é um juiz quem define as datas de saída e retorno dos detentos. No caso de Cravinhos, ele retornará no próximo dia 5.

O casamento será realizado pela manhã. Os noivos não querem correr o risco de a festa se estender após as 22h. Como réu em cumprimento de pena, se Daniel for flagrado na rua após esse horário pode perder o direito ao regime semiaberto.

Já a ex de Daniel, Suzane, também encontrou um novo amor na prisão. Desde setembro, ela vive em uma cela para “casadas” com a detenta Sandra Regina Ruiz Gomes, 31, o “Sandrão”, condenada por sequestro.