Experience Rio traz Seu Jorge para show em Hollywood

0
630

Cantor carioca vai se apresentar ao lado do Brazilian Voices e Rose Max

Seu Jorge

Seu Jorge já foi morador de rua, mas esse mês está fazendo shows em Nova York e Flórida. A carreira deste artista carioca que desde cedo sabia que queria ser músico teve altos e baixos, mas uma coisa ninguém discute suas músicas e sua versatilidade. Ele também é ator e compositor, tem atraído público de todas as idades e estilos. Seu Jorge traz o funk e samba carioca para Nova York e em Hollywood (Flórida) no mês de julho ele faz sua apresentação no projeto Experience Rio, promovido pela The Rhythm Foundation com apoio do Consulado Geral do Brasil em Miami e Banco do Brasil.

O show acontece no dia 27 de julho a partir das 6pm e tem entrada franca. O projeto Experience Rio tem objetivo de trazer um pouco sobre a música e os artistas da cidade maravilhosa para mais perto do público brasileiro e americano. Abrindo a noite carioca em Hollywood, o público terá o prazer de cantar com o coral brasileiro Brazilian Voices e a cantora Rose Max com sua banda de samba. Além de música, a noite será bem brasileira com barracas de comidas típicas e área de lazer para as crianças.

Seu Jorge define a si mesmo como um cantor e compositor popular, que gosta de inúmeros gêneros musicais, mas cujo fundamento é o samba. “O samba é a nossa verdade, nossa particularidade, é nossa medalha de ouro, nosso baluarte, nosso estandarte brasileiro”, disse o artista.

Seu Jorge

Seu JorgeJorge Mário da Silva nasceu em 1970 em Belford Roxo no Rio de Janeiro, e cedo já sabia que queria ser músico. Passou por diversos empregos desde os 10 anos, foi frequentador de bailes e rodas de samba cariocas, e começou a cantar cedo na noite. Saiu de casa aos 19 anos e foi morador de rua por alguns anos, onde fez seu primeiro contato com o teatro. Descoberto pelo clarinetista Paulo Moura, fez um teste para um musical e desde então sua vida mudou completamente.

Seu Jorge (apelido dado pelo amigo e baterista Marcelo Yuka) alcançou sua primeira realização profissional como músico em 1998: integrante da banda Farofa Carioca, lançou o disco Moro no Brasil em Portugal, no Japão e no Brasil. Desde então, seu estilo musical tem sido levado para todos os cantos do mundo com shows na América do Norte, Europa e Ásia.

Suas parcerias musicais também são dignas de destaque. Ele já cantou ou produziu com artistas como Ana Carolina, Ed Motta, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Lenine, Daniela Mercury e Jorge Benjor, isso sem falar dos artistas estrangeiros como Cesárea Évora. Ele já levou prêmios por seu trabalho e lançou vários DVDs.

Como ator, ele teve seu grande debut com sua atuação no filme Cidade de Deus, em 2002, no papel de Mané Galinha. Seu trabalhou ganhou reconhecimento internacional e depois disso vários outros convites preencheram a agenda do artista, sendo seu último trabalho em 2012, quando fez parte do elenco do filme E aí, Comeu?, de Bruno Mazzeo.