Fabricante de sapatos atirados contra Bush aproveita sucesso

0
568

Baydan Shoes já recebeu mais de 300 mil pedidos do mesmo modelo

Se alguém foi beneficiado pelo recente episódio das sapatadas contra o presidente dos EUA em Bagdá foi a Baydan Shoes Company. A empresa turca, que fabricou os sapatos que o jornalista Muntazer al-Zaidi jogou em George W. Bush, diz ter recebido 300 mil novos pedidos do modelo.

O empresário Ramazan Baydan, que é o criador do modelo agora famoso, disse que os sapatos são produzidos há cinco anos e vendidos principalmente a países do Oriente Médio e Rússia: “Somente ao Iraque exportamos 15 mil pares. Os sapatos podem parecer de baixa qualidade, mas um par pesa 600 gramas e o vendemos no Iraque por 27 dólares”, revelou.

Ele contou que, após ver o ataque contra Bush, ligou para um sócio no Iraque para se certificar de que era um modelo da Baydan. “Desenhei esse modelo há dez anos. Ele nunca sai de moda. Agora se tornou um símbolo de democracia para o povo do Iraque e fico emocionado por isso”, declarou o empresário, que garantiu que a família Zaidi terá sapatos grátis por toda a vida. O criador dos sapatos disse aprovar o ato de Zaidi: “Eu teria feito o mesmo sob essas condições”, afirmou.

Baydan afirmou que pretende agora investir fortemente em publicidade para alavancar suas vendas. O slogan já foi criado: “Adeus, Bush. Bem-vinda, democracia”.