Fim de semana promete muita emoção no futebol

0
656

34ª rodada terá confrontos decisivos no Brasileirão

Depois dos confrontos pela sulamericana e da realização de um jogo adiado – o confronto entre os ameaçados Figueirense e Fluminense – o campeonato brasileiro terá mais um emocionante rodada no próximo fim de semana. O líder São Paulo jogará fora dos seus domínios, mas não precisará sair da capital paulista: enfrenta a Portuguesa, que está em recuperação no torneio. Já o vice-líder Palmeiras terá uma pedreira pela frente, pois joga contra o Grêmio, que ocupa a terceira posição em número de pontos. Apenas dois pontos separam os três primeiros colocados na tabela, o que significa que qualquer um deles pode estar na liderança no domingo à noite, quando faltarão apenas quatro rodadas para o término da competição. A vantagem é do São Paulo, que reassumiu a ponta num momento decisivo e luta pelo hexacampeonato (o terceiro consecutivo).

Correndo por fora e em quarto lugar, o Cruzeiro pega o Fluminense no Mineirão, que luta contra o rebaixamento – apesar da vitória sobre o Figueirense por 1×0. Para o Flamengo, que na semana passada empatou em casa e praticamente se despediu do título, o confronto é contra o Botafogo, no clássico carioca que tem sido o mais disputado dos últimos anos. Na parte de baixo da tabela, Figueirense e Atlético do Paraná fazem o duelo dos desesperados e quem perder continuará na zona para a Segunda Divisão em 2009.

Outra briga bonita de se ver é pela artilharia do campeonato. O atacante Kléber Pereira, do Santos, está na dianteira, com 21 gols marcados, mas Alex Mineiro, do Palmeiras, e Washington, do Flu, ainda alimentam esperanças de receber o troféu de goleador do torneio.
Neste quesito é curioso notar que a equipe mais positiva do Brasileirão, a do São Paulo, com 56 gols, possui apenas o sétimo colocado na artilharia – Hugo, com 12 anotações. Por outro lado, o Vasco, que luta contra o rebaixamento, tem o terceiro melhor ataque (51 gols a favor), mas em compensação, a pior defesa (64 gols contra).