Flórida age para impedir mancha de óleo em seu litoral

0
709

Autoridades instalam 26km de barreiras flutuantes na costa noroeste

A Flórida luta para evitar que a mancha de petróleo que avança pelo Golfo do México atinja o seu litoral. Pelo menos 26 quilômetros de barreiras flutuantes já foram colocadas no litoral para conter o óleo cru que vaza de uma plataforma da British Petroleum (BP) desde o dia 20 de abril. Outros 24 quilômetros de material de contenção serão usados de acordo com a necessidade.

O problema vem se agravando porque venta muito na região. As autoridades da Flórida, entre elas os representantes do Departamento de Proteção Ambiental, estão preocupados com os prejuízos que a mancha negra pode causar ao habitat marinho local e, é claro, às pessoas. As cidades praianas da costa oeste do estado vivem basicamente do turismo.

O governador da Flórida, Charlie Crist, ampliou o estado de emergência aos condados de Franklin, Wakulla, Jefferson, Taylor, Dixie, Levy, Citrus, Hernando, Pasco, Pinellas, Hillsborough, Manatee e Sarasota. A medida eleva para um total de 19 condados em estado de emergência. A prática da pesca foi restringida na baía de Pensacola, na área de Panhandle.