Flórida em estado de atenção por causa do furacão Rina

0
1039

Furacão que se encontra no golfo do México pode vir para a Flórida no final de semana, mas pode perder intensidade

O furacão Rina intensificou-se e passou para o status de categoria 2 esta noite e deve continuar a se fortalecer à medida que se aproxima da província de Yucatan no México, nesta quinta-feira.

O cone de incerteza do sistema agora cobre a maior parte da Florida Keys, e está projetado a fazer uma virada para a direita em direção ao nordeste na sexta-feira.

A boa notícia: de acordo com as últimas previsões, o Rina deve passer para a categoria de tempestade tropical no domingo, em consequência de ter-se movido para o oeste de Cuba assim como por causa do ar seco e do vento cortante ao longo de sua trajetória.

Às 8 da manhã desta terça-feira, o Rina estava no Caribe a cerca de 215 milhas a sudoeste de Grand Cayman, seguindo para o noroeste a 3 mph com ventos sustentados de 100 mph.

Por estar pairando sobre águas cálidas, o Rina deve-se fortalecer e tornar-se categoria 3 com ventos sustentados de 115 mph na quarta-feira.

A previsão é de que comece a enfraquecer depois de passar pelo norte de Yucatan na quinta-feira. Está projetado para reduzir a força depois de varrer boa parte do oeste de Cuba no domingo.

Entretanto, tanto porque a intensidade como as previsões de rotas permanecem incertas, especialistas do Centro Nacional de Furacões recomendam aos moradores da Flórida monitorar a progressão da tormenta.

O centro de furacões também está monitorando uma área de baixa pressão no sudeste do Caribe, que tem 30 por cento de possibilidades de se desenvolver. O sistema estava movendo-se para o noroeste entre 15 e 20 mph. E as previsões apontam para a direção do golfo do México.