Forças Armadas quer jovens qualificados e universitários

0
443

Ministro da Defesa brasileiro anuncia mudanças no serviço militar

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou que as Forças Armadas passarão por mudanças significativas após o próximo 7 de Setembro. No Dia da Independência será entregue ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o Programa Estratégico Nacional de Defesa. Algumas novidades serão no serviço militar obrigatório.

“Atualmente, o serviço militar é obrigatório no sentido legal, mas, na verdade, como você tem procura maior que a demanda, há uma espécie de serviço militar para aqueles que querem servir”, observou o ministro. “É importante mudar essa característica e termos representações de diversas classes do Brasil, considerando que o serviço. Queremos criar um mecanismo civil para que o excedente preste serviços civis”, avisou Jobim.

Com isso, jovens da classe média terão menos chances de evitar o serviço militar nos quartéis ou nas repartições públicas. Para os que já estiverem cursando a universidade, a opção será a de retardar a apresentação até a formatura. Depois, serão chamados para atuar diretamente nas áreas em que concluíram o Nível Superior. “Será feito um redimensionamento do serviço militar obrigatório, estabelecendo sempre forças de reserva”, informou Jobim.

O ministro acredita que o governo vá receber bem a proposta de criação de serviço social para os jovens que não prestarem o serviço militar obrigatório.