FPL pode ser condenada a reembolsar clientes em seis bilhões de dólares

0
813

Decisão sai hoje, mas economia será de apenas 72 cents por residência ao ano

A administração estadual definirá hoje se a FPL (Florida Power & Light) deverá reembolsar seus clientes em mais de seis milhões de dólares. O valor corresponde à multa pela interrupção de energia por cinco dias, ocorrida em 2006. Apesar da quantia elevada, a economia para cada residência em caso de aprovação do reembolso será de apenas seis cents por mês, durante 2009.
Os representantes da Comissão de Serviços Públicos da Flórida, no entanto, querem que o reembolso seja dado em uma só parcela, de 72 cents, no início do ano que vem. “Eu classificaria o ato como um presente de Natal da companhia”, disse o commissioner Nathan Skop, acrescentando que a quantia é referente às residências que usam mil kilowatt/hora de energia mensalmente.
Os membros da Comissão vão discutir ainda a proposta da FPL de reabrir o parque industrial no Condado de Glades, ao custo de 34,5 milhões de dólares. Vale lembrar que a empresa já pretende repassar para os consumidores gastos superiores a sete bilhões de dólares, que correspondem aos gastos extras com combustível e energia nuclear.