Governador da Flórida lidera missão comercial ao Brasil no final de outubro

0
907

Rick Scott quer fortalecer relação entre parceiros cujos negócios geram 14 bilhões de dólares ao ano

O Brasil já é o principal parceiro comercial da Flórida, com negócios comuns que geram quase 14 milhões de dólares ao ano. Esta parceria deverá ser fortalecida ainda mais este ano, já que o governador do Sunshine State está organizando uma visita de empresários locais a São Paulo, no mês de outubro, para participar de uma espécie de feira de novos negócios. O objetivo é estimular a exportação de produtos produzidos aqui para o mercado brasileiro.

O grupo encabeçado por Scott está sendo reunido pela Enterprise Florida, principal organização estadual para o desenvolvimento econômico. A entidade acaba de reativar seu escritório no Brasil, sob a batuta de Carlos Heckmann, e a viagem acontecerá entre os dias 23 e 27 de outubro.

Na ocasião, o Time Flórida participará de encontros com empresários brasileiros e ainda poderá expor seus produtos ou serviços na feira de negócios para um público interessado em novidades dos estados Unidos. É uma situação vantajosa para ambos os lados, pois expande as relações, afirma J. Antonio Villamil, reitor da St. Thomas University, que certamente estará no grupo.

Outro que já integrou uma dessas missões é o empresário brasileiro Carlo Barbieri. Ele integrou o Team Florida na visita em 2008, a convite do então governador Charlie Crist. Normalmente estas iniciativas geram muitas oportunidades, destacou Barbieri. Naquele ano, pelo menos 200 empresários participaram da missão, que reuniu especialistas de diversos setores da economia universidades americanas oferecendo cursos, advogados de imigração expondo os meios de obtenção do green card e técnicos apresentando equipamentos ligados à tecnologia do etanol, por exemplo.

Nesse sentido, Barbieri ressalta a importância da participação de empresários brasileiros da Flórida nesta missão, que poderão divulgar seus produtos e também trazer novidades de lá para cá. Normalmente os negócios na missão se resumem ao comércio norte-sul, mas com o Brasil em excelente situação no cenário internacional, nada impede o desenvolvimento de oportunidades no sentido contrário, ou seja, de lá para cá, explicou.

Os interessados em mais informações na missão encabeçada por Scott devem entrar em contato com Juliana Peña, da Enterprise, pelo telefone (305) 808-3388 ou e-mail jpena@eflorida.com, até 7 de setembro.