Governador da Flórida reduz benefícios para desempregados

0
492

Rick Scott, o principal mandatário do estado assinou um projeto de lei nesta terça-feira que cortará benefícios de auxílio-desemprego para no máximo 12 semanas para os residentes da Flórida, no momento em que a taxa de desemprego do estado vem caindo.

A legislação combina os benefícios aos desempregados com a taxa de desemprego e foi apoiada por grupos empresariais e pelos republicanos na Assembleia Legislativa estadual. A Lei HR 7005 também trata um mau comportamento do empregado mesmo fora do local de trabalho como base para negar benefícios ao desempregado.

Diversos grupos como o Projeto para Lei de Desemprego Nacional, que luta pelos direitos dos trabalhadores, o Florida New Majority, um grupo civil, e representantes dos democrata criticaram a legislação por seu caráter duro sobre os desempregados da Flórida.