Governo cria cinco novas embaixadas

0
885

Serão abertas repartições em Bangladesh e em quatro pequenos arquipélagos do Caribe

O governo decidiu abrir cinco novas embaixadas do Brasil no exterior. Os postos diplomáticos serão criados em Bangladesh, onde o país já teve uma representação anteriormente, e em quatro pequenos arquipélagos do Caribe: São Cristóvão & Névis, Comunidade da Dominica, São Vicente & Granadinas e Antígua & Barbuda. A abertura das embaixadas foi autorizada com a publicação, no Diário Oficial, de decretos assinados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Samuel Pinheiro Guimarães.

O Itamaraty não soube informar a quantidade de brasileiros que vivem nesses países e o total de gastos extras com os novos postos. De acordo com a pasta, o cálculo das despesas será feito por uma missão que vai avaliar o custo de vida, os salários médios e o preço médio dos aluguéis nos países. Cada nova representação contará com um embaixador, um oficial de chancelaria e dois ou três funcionários locais. Além dos aluguéis de uma sede e da residência do embaixador, estão previstos gastos com locação de automóveis e compra de computadores, linhas telefônicas e material usado em escritório.