Identificado um brasileiro entre as vítimas do ataque em NY

0
1032

Massacre num centro de imigrantes deixou 14 mortos, entre eles o pernambucano Almir Olímpio Alves (foto)

Um brasileiro está entre os mortos do ataque cometido por um americano de origem vietnamita a um centro de imigrantes em Binghamton, no estado de NY. O professor pernambucano Almir Olímpio Alves, de 42 anos, foi identificado como uma das vítimas do massacre que deixou outros 12 imigrantes mortos e outras quatro pessoas gravemente feridas. O autor dos disparos, identificado pela polícia como Jiverly Voong, se suicidou após manter parte do grupo como reféns.
Almir fazia pós-doutorado na Universidade de Binghamton e assistia a aulas de inglês no American Civic Association. Titular da cadeira de Matemática da Universidade de Pernambuco (UPE), na Zona da Mata do Estado, o brasileiro, que vivia há pouco mais de seis meses na América, tinha planejado voltar para a terra natal ainda este ano. Ele era casado e deixou a mulher, Márcia Pereira Lins Alves, 36 anos, e um filho de 16 anos de idade.
A Polícia ainda não conseguiu descobrir os motivos que levaram Voong a cometer a chacina, mas as autoridades descartaram a possibilidade de que este tenha sido um atentado terrorista. Entre as vítimas estão também imigrantes de países como o Paquistão, Filipinas, Haiti, China, Vietnã e Iraque, além de duas americanas.