Idosa é assaltada dentro de casa em Deerfield Beach

0
1020

Crime aconteceu no condomínio Waterways. Bandidos mataram os gatos de estimação da casa e ameaçaram a mulher

Antes de roubar uma mulher com problemas de locomoção, em Deerfield Beach, dois homens mascarados invadiram a casa dela carregando os dois gatos de estimação da casa mortos, para mostrar logo suas intenções.

Os assaltantes entraram na casa de Deborah Plasse na quinta-feira, através de uma porta de correr aberta, exigindo dinheiro, jóias e cartões de crédito. Em seguida, ameaçaram matar outros animais de estimação caso Plasse resistisse, segundo o relato da polícia ao jornal The Sun-Sentinel.

Quando Plasse, de 60 anos, disse que tinha pouco para ser roubado, os homens tornaram-se violentos, ainda segundo a polícia.

“A vítima tem dificuldade para andar. Eles a jogaram no chão e ameaçaram cortar seu rosto, pernas e abdomem com cacos de vidro,” disse o detetive Vincent Coldwell.

Os homens pintaram o corpo da mulher com tinta spray durante o assalto. Ela contou aos detetives que o ataque durou entre 30 minutos e uma hora. Plasse precisa do auxílio de um andador para se locomover.

O violento assalto aconteceu entre duas e três da tarde, no bloco 1200 da SW 46th Avenue, dentro do conhecido condimínio fechado Waterways.

Os assaltantes fugiram com um pequeno cofre com os medicamentos de Plasse e os dois gatos mortos dentro de sacos de papel. Um terceiro cúmplice esperava do lado de fora da casa.

Os dois usavam luvas e o que pareciam ser máscaras de Halloween durante o assalto, e a vítima disse que eles eram adolescentes ou entrando nos vinte anos de idade.

Eles usavam suéteres com capuz, um preto e ou outro azul.

Vizinhos ouviram os gritos de socorro da mulher.

“Quando cheguei na casa dela, vi que estava toda cortada e ferida. Disse que tinha sido roubada e chamamos 911,” relatou um vizinho, que mora há 17 anos no mesmo condomínio. “Foi um choque para mim e para os outros vizinhos. É inacreditável.”

Plasse sofreu cortes e ferimentos superficiais, recebeu atendimento no Broward Health North e foi liberada no mesmo dia.

Na tarde de sexta-feira, a polícia começou a distribuir folhetos pedindo informações sobre o crime, dentro do condomínio e nos shopping centers próximos.

Um morador torce por um caso isolado.

“É um ótimo condomínio, nunca aconteceu nada por aqui. Tomara que seja só um caso isolado.”

A polícia pede a qualquer um que tenha informações que contacte o detetive Vincent Coldwell pelo telefone 954-321-4270, o Broward Crime Stoppers (954-493-8477), ou pelo website browardcrimestoppers.org.

O Crime Stoppers oferece até $3 mil por informações que resultem em prisões.